Exame de ferritina: detectando anemia e outras condições

Exame de ferritina: detectando anemia e outras condições

O exame de ferritina entra naquela lista de exames de sangue básicos e de rotina que servem para detectar várias irregularidades que podem ou não indicar alguma condição de saúde.

Geralmente é solicitado pelo seu médico para medir a dosagem de ferro no organismo e também a capacidade total de transporte, o que colabora para  diagnosticar algumas doenças causadas pela deficiente ou excesso da ferritina no seu sangue.

Portanto, vem entender um pouco mais sobre esse exame, o que ele detecta e qual o melhor laboratório para fazer um exame assertivo.

Boa leitura.

O que o exame de ferritina detecta

O principal objetivo desse exame é a detecção e avaliação das reservas de ferro no corpo e pode ser solicitado como um diagnóstico para avaliar certos sintomas, mas também é um exame de rotina, que idealmente deve ser feito de tempos em tempos.

As solicitações mais comuns para o exame de ferritina é a investigação de uma possível anemia, quando há sintomas que indicam a possível condição.

Há alguns outros sintomas que são causados por taxas baixas de ferritina no corpo e também por excesso, por isso o exame é providencial para um diagnóstico mais assertivo e um panorama completo.

Qual nível de ferritina é preocupante?

Via de regra, os níveis considerados normais de ferritina são entre 50 mg a 300 mg, sendo valores acima de 1000 mg um alerta para que o médico solicite exames complementares.

No entanto, níveis acima do padrão não necessariamente significam que há necessidade para mudar a dieta removendo alimentos ricos em ferro.

Vale lembrar que esses níveis de ferritina mencionados são apenas um padrão guia, e você jamais deve interpretar resultados de exames por conta própria.

Leve sempre os resultados para que seu médico possa explicar exatamente o significado do que está ali descrito, até porque, há vários indicadores além dos níveis de ferritina que só o especialista tem capacidade de interpretar.

Melhor lugar para fazer seu exame de ferritina

Para que o médico consiga fazer um diagnóstico melhor da sua condição, é preciso que o exame de ferritina seja confiável, com resultados precisos, então não é qualquer laboratório que você deve escolher para fazer o seu.

Busque empresas profissionais, com boa reputação no mercado e equipamentos de ponta para realizar este e outros exames com qualidade.

Além disso, equipe especializada é um diferencial que você deve sempre levar em conta.

Um laboratório completo, com todas essas características mencionadas, você encontra aqui no Laboratório São Vicente.

São mais de 40 anos atuando no ramo, o que nos dá experiência o suficiente para realizar exames de ferritina e outros tipos com precisão e qualidade, além de oferecermos coleta em domicílio para sua comodidade, os resultados podem ser consultados online no nosso site pouco depois de realizar o exame.

Conheça mais sobre nossa história, certificações e serviços para fazer seus exames com excelência.

Conclusão

O exame de ferritina é um dos mais básicos e importantes para detectar déficit ou excesso de ferro no seu organismo, e idealmente deve fazer parte dos seus check ups periódicos.

Saber seus níveis de ferritina, colabora para que seu médico possa passar tratamentos simples, como mudanças na dieta e até medicamentos para regular o nível desse componente.

Com o Laboratório São Vicente, você realiza este e outros exames com máxima competência, saiba mais.

Últimas Postagens:

WhatsApp
💬 Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?